Bee.O 01

COMEMOS MAIS NO FRIO? POR QUÊ?

A maioria das pessoas deve concordar que o inverno é a principal época em que sentimos aquele desejo para ingestão de comidas mais pesadas. Essas comidas costumam ser pratos cheios de carboidrato ou uma sobremesa bem doce repleta de chocolate. Muitas dessas pessoas também devem concordar que nessa época do ano, parece que nosso apetite aumenta, assim com os desejos ficam mais fortes. Surge aí a questão: Realmente comemos mais no inverno ou está tudo dentro da nossa cabeça? Existe uma razão?

Diversos estudiosos apontam que sim, sentimos mais fome no inverno. E os motivos são diversos.

No inverno ansiamos por alimentos ricos em carboidratos, açúcar e gordura.

EXTINTO DE SOBREVIVÊNCIA

Em eras passadas o inverno era um período perigoso. A colheita do outono ditaria quanta comida estava disponível nos meses mais frios e, depois que esses suprimentos acabassem, seria difícil encontrar recursos adicionais, a menos que você tivesse muito dinheiro.

Acredita-se assim, que por esse contexto, o desejo de comer em excesso ao primeiro sinal de clima frio pode estar profundamente enraizado em nossa composição biológica. É um impulso de sobrevivência de um tempo anterior, quando nossos corpos teriam tentado armazenar todas as calorias que poderiam para nos ajudar a sobreviver em tempos de escassez. Isso também nos dá uma dica do por que ansiamos por alimentos ricos em carboidratos, açúcar e gordura.

No inverno ansiamos por alimentos ricos em carboidratos, açúcar e gordura. 

COMER NOS AQUECE

Outro fator a considerar é que consumir calorias também faz nosso corpo se aquecer mais. E é aí que mora o problema, se você cede aos desejos por alimentos com alto teor de açúcar e alto teor de gordura, consequentemente os níveis de açúcar no seu sangue vão aumentar, após isso, sua temperatura vai abaixar mais ainda e você vai acabar com mais frio e fome – fazendo com que todo o ciclo comece de novo e é aí que os problemas pelo consumo excessivo de calorias começam a acontecer.

Opte por alimentos que satisfaçam seu corpo e sua mente.

FICAMOS MAIS EM CASA

Um último ponto a ser considerado é o fato de que tendemos a ficar mais em casa no inverno e isso pode nos tornar mais propensos a fazer refeições incessantemente por puro tédio, ou porque estamos condicionados a comer enquanto fazemos certas coisas, como assistir a um filme. Como essa alimentação extra está associada a uma diminuição na atividade física, isso pode levar ao tão temido ganho de peso. Para satisfazer seu corpo e sua mente, procure por alimentos que façam você se sentir bem, mas também são bons para você. E se você ceder a um desejo – e a maioria dos especialistas concorda que você deve ceder ocasionalmente – controle suas porções e, sempre que puder, opte por opções mais saudáveis.



Não existem comentários

Envia o seu